Sambas de Enredo Memoráveis - Década de 60

Vila Isabel 1969 - Yayá do Cais Dourado
 

No cais dourado da velha Bahia
Onde estava o capoeira
A Yayá também se via
Juntos na feira ou na romaria
No banho de cachoeira
E também na pescaria
Dançavam juntos
Em todo fandango e festinha
E no reisado, contramestre e pastorinha
Cantavam laralalaialaiá
Nas festa do Alto do Gantois
Mas loucamente a Yayá do Cais Dourado
Trocou seu amor ardente
Por um moço requintado
E foi-se embora

Passear em barco a vela
Desfilando em carruagem
Já não era mais aquela
E o capoeira que era valente chorou
Até que um dia a mulata
Lá no cais apareceu
Ao ver o seu capoeira
Pra ele logo correu
Pediu guarida, mas o capoeira não deu
Desesperada caiu no mundo a vagar
E o capoeira ficou com seu povo a cantar
Lalaialalará ...
Cantavam laralalaialaiá
Nas festa do Alto do Gantois

Composição: Martinho da Vila / Rodolfo

Explicação do Samba / Contexto Histórico / Curiosidades

O bairro de Vila Isabel é famoso pela presença de inúmeros poetas e compositores que nasceram por lá ou que nele foram revelados.

Podemos citar de cara Noel Rosa e Martinho da Vila, que adicionou o nome do bairro ao seu quando criou seu nome artístico. No desfile da Vila em 1969, Martinho da Vila botou o samba-enredo para funcionar como se fosse um partido alto – e mudou a história do desfile das escolas, quando o samba ficou menos arrastado.
Ya Yá do Cais Dourado" lançou Martinho da Vila no samba e nos braços do povo.

O enredo apresenta a história fictícia de um amor que não deu certo por simples leviandade da amada

Escute agora no

spotify-logotipo.png
  • Facebook Doentes
  • Instagram Doentes
  • YouTube Doentes